A maioria dos implantes dentários são feitos de titânio. O titânio é um metal hipoalergênico que também é biocompatível, o que significa que o sistema imunológico não o vê como um invasor externo e não o atacará. Tem sido usado há anos, não apenas em implantes dentários, mas também na produção de válvulas cardíacas, parafusos ósseos e diversas outras aplicações. As vantagens do uso de implantes dentários de titânio são extensas e incluem:

A capacidade de ossificar

O titânio se integra ao tecido ósseo em um processo chamado osseointegração, o que significa que ele se torna essencialmente parte do osso.

Forte e leve

O titânio é extremamente forte, mas mais leve do que as ligas de ouro, tornando-o perfeito para pacientes que precisam de uma restauração dentária confortável e segura.

Baixa condutividade térmica

Isso reduz o risco de dor ou irritação associada a mudanças drásticas de temperatura.

A taxa de sucesso dos implantes dentários de titânio é incrivelmente alta de 95%. A maioria dos implantes dentários pode permanecer no local pelo restante da vida do paciente. Implantes individuais ou múltiplos podem ser usados ​​para apoiar coroas, pontes ou dentaduras, mostrando-se uma opção segura e duradoura. Os candidatos a implantes incluem a maioria das pessoas que perderam um ou mais dentes e que têm boa saúde geral e dental. O processo pode levar alguns meses, mas resulta em um dente, que se bem cuidado, pode durar a vida toda.

Em caso de dúvida sobre implantes e materiais, entre em contato.

O Dr. Monteiro Castro atende pacientes em Belo Horizonte desde 1981. Formado pela PUC Minas – Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, atua como especialista em Implantodontia. Seu objetivo é fornecer a cada paciente uma odontologia personalizada. Entre em contato para agendar sua consulta ainda hoje.